21 abr

Benefícios das Artes Marciais

Ao contrário do que a maioria pensa, a prática de artes marciais não sugere violência, pelo contrário, quem é adepto ao esporte em questão, se torna uma pessoa com mais autocontrole e mais sabedoria para lidar com as adversidades. Pessoas que tem conhecimento de técnicas de defesa pessoal são os causadores de confusão, apenas usam de suas habilidades para se defenderem.

O fato de grande parte das pessoas associarem artes marciais à violência, deve-se um pouco a má fama das competições de vale tudo, pois nessa competição, quando era sucesso na época de sua existência, a pancadaria corria solta. Quase não existia regras, as únicas regras que existiam eram apenas não colocar o dedo nos olhos dos oponentes e dar socos e chutes nos testículos, o resto era válido, inclusive puxar o cabelo do adversário.

Por ser considerada violenta, a modalidade teve que criar regras para entrar no mercado esportivo. Surgiu, assim, o chamado MMA do inglês: mixed martial arts, que em português quer dizer Artes Marciais Mistas.

benefícios das artes marciaisNa verdade, existe um lado muito positivo para os praticantes dessa modalidade de esporte, a arte marcial oferece grande benefício ao corpo e a mente de quem a pratica. O homem que pratica artes marciais, sem dúvidas, mantém copo e mente bem cuidados, e é comprovado cientificamente que quando uma pessoa procura fazer uma atividade física que lhe dê prazer, sua mente fica mais saudável.

Porque as artes marciais ajudam no desenvolvimento físico e mental

Esclarecido um pouco desse tabu de violência existente nesse meio, podemos olhar esse esporte com outros olhos. É bom ressaltarmos o lado bom das artes marciais apontando os inúmeros benefícios que ela trás ao homem.

O físico

parte física

Um ponto muito importante é que, com a prática de uma arte marcial seja ela qual for, o ser humano trabalha muito seu corpo físico, incluindo: Seus músculos, coordenação motora, elasticidade, resistência , condicionamento físico, saúde cardiovascular, força, equilíbrio etc. Sem contar que ela ajuda perder peso e ganhar massa magra.

O fato de alguém se dispor a fazer uma atividade desse tipo, mesmo que não faça algo parecido com levantamento de peso, ele coloca ser corpo à prova estabelecendo uma relação de limites diários, a cada dia que passa seu organismo se adequa mais e mais às necessidades de um lutador.

A mente

O ser humano que ocupa sua mente com qualquer tipo de esporte já tem um recurso muito grande de escape para seus problemas, isso é um termo que muitos estudiosos comprovaram. Isso com certeza já é um benefício muito grande, e as artes marciais tem uma influência muito forte sobre a mente humana.

Ela trabalha muito a concentração, o estudo do adversário, os movimentos calculados, faz também o lutador a se sentir mais confiante, elevando a autoestima, e é também um ótimo exercício para o controle da ansiedade, do estresse e da agitação.

Os benefícios das artes marciais na sociedade

Outro ponto positivo das artes marciais, e que não poderia ficar de fora do nosso artigo, são os benefícios que essa modalidade de esportes trás para sociedade, em competições famosas como as olimpíadas temos muitos exemplos disso, atletas que saíram das ruas e se tornaram atletas renomados.

artes marciais nas olimpíadas

Em algumas comunidades carentes existem até projetos envolvendo artes marciais que tiram jovens da rua e os transformam em pessoas de bem. No Brasil, temos muitos exemplos de projetos envolvendo os jovens com a capoeira, e assim os transformando novamente em pessoas dignas.

E por outro lado, vemos que em grandes centros de treinamento, os instrutores trabalham muito com seus alunos valores humanos, os preparando para serem pessoas de alto valor e incentivando a paz, entendemos que ao invés de ser uma atividade que suscita guerra, ela promove a paz.

Voltar à Página Inicial

11 ago

Grandes nomes das artes marciais mistas – MMA

Muitos lutadores ajudaram a enriquecer a história do MMA , assim como a enorme popularidade que essa arte marcial mista ganhou no mundo inteiro durante esses anos.
Alguns nem tão lembrados hoje em dia, outros tão aclamados e no auge, mas é verdadeiro afirmar que cada atleta tem sua participação e contribuição nesse meio esportivo.

Começando pelo primeiro vencedor do UFC Welterweight e Winner UFC 16 Welterweight Tournament, o Pat Miletich (Patrick Jay Miletich). Esse cara, hoje treinador, nascido no ano de 1966, muito conhecido por ser o criador do campo de treinamento MFS – Miletich Fighting Systems, é um nome que jamais será esquecido no mundo da luta.
E por falar em grandes nomes, o campo MFS foi responsável por treinar lutadores nada mais nada menos que Tim Sylvia e Robbie Lawler por exemplo.

ufc e mma

Tim Sylvia, hoje aposentado, tinha grandes habilidades como a capacidade de nocautear seus oponentes e sabia muito bem usar seu tamanho monstruoso (2,03m) para detonar os adversários.
Robbie Lawler, conhecido por habilidades perigosas e agressivas usando de karatê, boxe e luta livre. Não é atoa que tem o apelido de Ruthless – Crueal em português. Teve seu início no ano de 2001 e ainda está na ativa.
Outro nome do MMA, o Gilbert Yvel. Esse carrega a fama de lutador que pode a qualquer momento surpreender e fazer coisas inesperáveis numa luta. O holândes hoje com 43 anos não pensou duas vezes antes de mandar no chão o árbitro no evento Fight Festival 12.

Brasileiro em Destaque

E o Anderson Silva hein? Por falar em agressividade, esse cara que já venceu feras como Dan Henderson, apesar de não ser do tipo selvagem sanguinário, o brasileiro é uma dos maiores das Artes Marciais Mistas com técnicas passando do boxe à capoeira e é muito conhecido pelo dom que tem de jogar psicologicamente com o adversário.

Dan Henderson, norte-americano, também merece seu respeito. Esse cara com 84 kilos já fez grandes proezas como vencer o Brazil Open até chegar ao ano de 2016, especificamente no dia 4 de junho e detonar Hector Lombard do país de Cuba metendo um chute na sua “cachola” seguido de uma colovelada esmagacedora que lhe deu a conquista ao 1m e 27s de luta.

Vítor Belfort , marido de Joana Prado desde 2003, começou bem jovem destacando no judô e já circulou pelos maiores eventos do mundo da luta derrotando estrelas como Wanderlei Silva, Michael Bisping, Rich Franklin e muitos outros nesse mundo de pancadas.
Falando de gente grande, é inevitável não mencionar Jon Jones. O jovem de 29 anos colecionou sua primeira vitória no ano de 2011 com a moral de ser o mais novo campeão do UFC. Esse jovem-gigante tem todo aval da mídia especializada para ser avaliado como o maior nome do MMA. Entre sua gama de modalidades, destaca-se o Jiu-jítsu brasileiro.

Agressividade de Frank


Frank Mir – esse tem seu lugar definido na história. E não é só porque se destacou com sua agressividade partindo o antebraço de Tim Sylvia, nem tampouco por deixar Brock Lesnar submisso a seu golpe e colocar 16 parafusos no úmero de Minotauro. Ele realmente é bem completo e suas vitórias falam por si só.

É claro que a lista é grande e não dá para citar tudo aqui num só artigo, mas espero que tenham curtido essa pequena abreviação de alguns dos campeões das Artes Marciais Mistas.
Até breve!